quarta-feira, 18 de março de 2015

Em evento estadual, prefeitos e vereadores emitirão documento em defesa da reforma política

Vereador Jorio Nogueira, presidente da FECAM, deputado Ezequiel Ferreira, presidente da Assembleia Legislativa, e prefeito Francisco José Júnior, presidente da Femurn
Uma reforma política ampla que contemple a unificação de mandatos e pleitos em todos os níveis – municipal, estadual e federal, com o fim da reeleição no executivo, será defendida pelos prefeitos e vereadores do Rio Grande do Norte nesta sexta-feira, durante a realização do I Encontro de Prefeitos e Vereadores do RN, na Escola de Governo, com a participação do ministro das Cidades Gilberto Kassab, do governador Robinson Faria e da bancada federal potiguar. Vereadores e prefeitos entendem que há excesso de eleições e que a unificação vai gerar economicidade nos gastos de campanha.

As Federações das Câmaras dos Vereadores do RN (FECAM/RN) e dos Municípios do Estado (FEMURN) entregarão a toda bancada federal do Estado um documento de apoio à realização da reforma. O presidente da FEMURN, Francisco José Júnior, informa que uma pesquisa feita pela Confederação Nacional dos Municípios detectou que mais de 80% dos gestores são favoráveis às eleições gerais e mais de 70% favoráveis ao fim da reeleição no executivo, após mandatos de cinco anos corridos. “Além de reduzir gastos, favorece o desenvolvimento de políticas públicas de médio e longo prazo”, defende o presidente da FEMURN e prefeito de Mossoró.

Nenhum comentário:

Postar um comentário