sexta-feira, 20 de março de 2015

Insatisfeita, Marta Suplicy trocará o PT pelo PSB

O PT perderá, pela primeira vez, em 12 anos de Governo, um dos seus principais quadros no maior colégio eleitoral do País, o Estado de São Paulo. A senadora Marta Suplicy traça um novo destino partidário, deixará o PT no mês de abril para se filiar ao PSB e concorrer, em 2016, à Prefeitura de São Paulo.

Marta exerce o primeiro mandato de senadora, foi deputada federal e prefeita de São Paulo. Em 2012, trabalhou para ser candidata à Prefeitura da Capital paulista, foi atropelada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que lançou, como renovação, o nome do candidato vitorioso Fernando Haddad. Em 2010, Marta garantiu a candidatura ao Senado, conquistou o mandato e, no ano seguinte, assumiu o Ministério da Cultura.

A passagem pela pasta da Cultura gerou polêmica dentro e fora do Governo. Marta entrou em rota de colisão com outros ministros, como Aloízio Mercadante, concorrente direto em projetos políticos no Estado de São Paulo. No segundo mandato de Dilma, foi estimulada a deixar o cargo e passou a ser crítica da administração federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário