quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Temer processa Cid Gomes após ser chamado de ‘chefe de quadrilha’



O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), está processando o ex-ministro Cid Gomes (Educação) por calúnia e difamação. As ações são uma resposta a ataque feito por Cid em outubro do ano passado. Ele chamou Temer de “chefe de quadrilha de achacadores” durante evento promovido pelo seu partido, o PDT.


Segundo A Folha, o peemedebista entrou com duas ações na Justiça Federal, uma civil e outra penal. Temer recorreu ao Judiciário ainda no ano passado, logo após a fala de Cid. O ex-ministro de Dilma já havia desferido ataques contra outros integrantes do PMDB. Em março, ainda ministro, Cid foi ao plenário da Câmara e, olhando para o presidente da Casa, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que preferia “ser acusado por ele de mal-educado do que ser como ele, acusado de achaque”.

Cunha também processou Cid pela fala e, em setembro do ano passado, o ex-ministro foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal a pagar R$ 50 mil por danos morais a Cunha. A decisão foi proferida em primeira instância e, portanto, pode ser revertida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário