quinta-feira, 9 de junho de 2016

No plenário da Câmara, Felipe Maia critica ataques ao governo Temer

felipe_tribuna
Em discurso no Plenário da Câmara dos Deputados, na quarta-feira (8), o deputado Felipe Maia (DEM-RN) criticou os parlamentares que ocupam a tribuna para pedir a saída do presidente interino da República, Michel Temer. Segundo ele, o momento é de união de todos os partidos na busca de soluções para os graves problemas enfrentados pela população brasileira.

“A cada dia tenho mais certeza que alguns parlamentares têm mais compromisso com projetos de poder, do que com os seus eleitores. Temos que nos unir e buscar melhorias para enfrentar os problemas do nosso país. Os defensores do governo Dilma parecem que não tem consciência que o PT e seus aliados quebraram o país. Só na Petrobras o rombo foi de 50 bilhões de reais”, explicou o parlamentar.

Durante o discurso, o deputado disse ainda que “os mesmos que pedem o afastamento do atual governo são aqueles que defendiam o governo petista”. “Eles estão defendendo um governo que foi responsável pelo atual cenário do país, com 11 milhões de desempregados e uma inflação de dois dígitos que corrói o poder de compra do trabalhador brasileiro”, disse.

Para o parlamentar, os ataques ao governo de Michel Temer não geram resultados para o desenvolvimento do país. “Muitos gritam ‘Fora Temer’ aqui no plenário, como se tivesse entregado o Brasil de uma forma promissora. Mas, sabemos que a intenção deles é ganhar poder sem apresentar propostas concretas que beneficiem os brasileiros”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário