terça-feira, 7 de março de 2017

Ministério Público recomenda à Prefeitura de Mossoró exoneração de casal por nepotismo

 
O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio da 7° Promotoria de Justiça de Mossoró fez uma recomendação à atual prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP) para que exonerasse uma das partes do casal Yuri Yasso Duarte de Queiroz ou Kátia Maria Cardoso Pinto dos cargos que ocupam na gestão municipal por nepotismo.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira, dia 6 de março. O Ministério Público deu a prefeita e ao Secretário Municipal de Administração o prazo de 15 dias para tomar as providências necessárias para a exoneração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário