terça-feira, 14 de março de 2017

Presidente da Assembleia Legislativa recebe convite para posse dos gestores do TRF5

ezequia
Os desembargadores federais Manoel Erhardt, Cid Marconi e Paulo Cordeiro, eleitos, respectivamente, presidente, vice-presidente e corregedor-regional do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) para o biênio 2017-2019, entregaram, nesta terça-feira (14), o convite de posse da mesa diretora do tribunal em solenidade prevista para o dia 3 de abril em Recife (PE), ao presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB). Acompanhado dos deputados Albert Dickson (PROS) e Larissa Rosado (PSB), o presidente da Assembleia recebeu a comitiva dos desembargadores, que se fizeram acompanhar do juiz federal, Marco Bruno Miranda Clementino, diretor do Foro da Justiça Federal no Rio Grande do Norte (JFRN).

“É com satisfação que recebemos o convite e confirmamos nossa presença e do maior número possível de deputados potiguares na solenidade do dia 03 de abril, em Recife, numa demonstração de apreço e de trabalho cooperativo entre as instituições”, enfatizou o deputado Ezequiel Ferreira de Souza que anunciou a realização de uma sessão solene em homenagem aos 50 anos da JFRN para este mês de março, a renovação da parceria da Casa Legislativa através da TV Assembleia para a transmissão da 5ª Jurídica e a realização de uma campanha conjunta entre das duas instituições em prol da doação de órgãos.

 Para o futuro presidente do TRF5, Manoel Erhardt, é imprescindível estas visitas de rotina entre os integrantes de instituições para o estreitamento das relações e para o contato direto com as experiências desempenhadas por outros órgãos que possam ser implementados na gestão de outra entidade. “Colher experiências é uma das atribuições destas visitas, além de fazer o convite formal. É assim que penso o aprimoramento da gestão das instituições. Com muita cooperação e facilidade de relacionamento”, explicou o futuro gestor.

Ezequiel Ferreira de Souza expôs a adoção de modo pioneiro no país, de um planejamento estratégico no âmbito do Poder Legislativo, ações de economicidade e modernização da governança via consultoria da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que vem promovendo a reforma administrativa no Legislativo Potiguar.

O juiz federal, Marco Bruno Miranda Clementino, diretor do Foro da Justiça Federal no Rio Grande do Norte (JFRN), enalteceu as atividades do Legislativo Potiguar. “Em especial quero destacar o projeto Parlamento Jovem, que promove a integração da juventude com a política, fomentando assim conceitos de cidadania e democracia na comunidade estudantil de nosso estado”, disse.

A deputada Larissa Rosado explicou que o projeto Parlamento Jovem envolve anualmente a comunidade escolar para a eleição de seus 24 representantes que por um ano exercem as atividades com um parlamentar representante de suas comunidades. Já o deputado Albert Dickson ressaltou a importância da campanha de doação de órgãos, numa parceria da Justiça Federal com a Assembleia Legislativa. “Como oftalmologista sei que a doação de córnea tem se mantido nos níveis aceitáveis, mas quanto a demais órgãos o patamar tem diminuído”, disse o médico e deputado estadual.

A campanha de doação de órgãos é um pleito do juiz federal, Marco Bruno Miranda Clementino, em virtude de uma ação de emergência para coleta de um coração de uma criança falecida no Varela Santiago em dezembro de 2016, que beneficiou outra criança potiguar que estava no topo da lista de transplante e para ser transplantada em Brasília. “Isto nos sensibilizou. Emocionou a todos e nos mobilizou para estimular a doação de órgãos. O Rio Grande do Norte no governo Rosalba Ciarlini liderou o ranking de doação de órgãos, mas perdeu esta liderança no último anos. É preciso retomar este trabalho e mobilizar a sociedade no salvamento de vidas por via do transplante de órgãos”, comentou Marco Bruno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário