segunda-feira, 3 de abril de 2017

Câmara municipal de vereadores sediou audiência pública para discutir Lei de Diretrizes Orçamentárias

No plenário da câmara municipal de vereadores de Lagoa Nova, sediou na manhã desta segunda-feira (3), audiência pública para discutir a elaboração da LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2018. A Audiência contou com as presenças do prefeito do município, Luciano Santos, secretários municipais, representantes de associações rurais, vereadores, Leandro Costa, Junior Galvão, Antonio de Mariquinha, Bilouro, Paulo Eduardo, Emílio, Lourival Adão e  Ivamar Domingos.

 A audiência pública  objetiva garantir transparência e participação popular na elaboração do Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2018. A audiência foi conduzida pela secretária de finanças do município, Josi Gomes e contou com participação de servidores do departamento de contabilidade da prefeitura. A Lei é o instrumento de planejamento do governo que estabelece prioridades da administração, orienta a elaboração do orçamento anual e dispõe sobre os diversos instrumentos de gestão econômico-financeira para o exercício de 2018.

 A Audiência Pública permite ao cidadão conhecer os Programas Orçamentários de forma mais detalhada e priorizar quais áreas, regiões e programas mais relevantes para o desenvolvimento socioeconômico do município, ale, é claro, de dar a oportunidade de opinar e sugerir propostas que complementem a LDO.

"Os encaminhamentos propostos nesta audiência pública tanto pela equipe que fazem parte da gestão municipal, como dos representantes de associações rurais e dos colegas vereadores, sem dúvida alguma refletem as necessidades em vários setores que fazem parte da rede de serviço básicos da nossa população . Esse momento é de suma importância, pois aqui estamos dando o primeiro passo na elaboração da LDO e ao lado dos demais colegas parlamentares, como representantes do povo, estaremos disposto a contribuir para que esse projeto tenha atenção especial no tocantes tramites dentro desta casa legislativa ." Concluiu o vereador e presidente da câmara  Antonio de Mariquinha.     

Depois de discutir as diretrizes com os segmentos da comunidade durante a audiência pública, o próximo passo é a elaboração do Projeto de Lei que será enviado para a Câmara de Vereadores. Depois de aprovado, seguirá para sanção do prefeito do município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário