terça-feira, 6 de junho de 2017

Henrique Alves será indiciado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, e deverá ficar preso no RN

O ex-ministro Henrique Alves está sendo ouvido na manhã desta terça-feira(06) na capital potiguar, e será indiciado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

“A investigação mostra um arquétipo clássico da Lava Jato: a troca de favores entre políticos e entre empresas”, afirma delegado da Receita Federal, Francisco Aurélio de Albuquerque Filho.

Caberá durante o dia, através da SEJUC – Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania, o local em que o ex-ministro Henrique Alves ficará preso.

Investigação tem um prazo de 15 dias para concluir a denúncia e encaminhar para o Ministério Público.

Com acréscimo de informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário