quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Barroso envia ação penal de Agripino Maia para Justiça Federal do RN


O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou para a primeira instância uma ação penal por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em que é réu o ex-senador Agripino Maia, do Democratas.

A decisão do ministro, publicada nessa terça-feira (19), foi tomada a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), sob o argumento de que Agripino não foi reeleito e perdeu o foro privilegiado – o direito de ser julgado pelo STF.

Agripino Maia é acusado de suposto desvio de dinheiro público na construção da Arena das Dunas, em Natal, investigação desdobramento da Operação Lava Jato.

Segundo Barroso, trata-se de senador não reeleito, “razão pela qual não subsiste a prerrogativa de foro perante o Supremo”.

Agora, o processo deve ter continuidade em uma Vara Criminal da Justiça Federal do Rio Grande do Norte. Devem ser coletadas provas e ouvidas testemunhas e, ao final, Agripino poderá ser considerado culpado ou inocente.

A denúncia foi aceita pela Primeira Turma do STF em 12 de dezembro de 2017. À época, ele afirmou ser inocente e pediu ao STF urgência no julgamento.

Denúncia

Segundo a PGR, Agripino teria recebido mais de R$ 654 mil em sua conta pessoal, entre 2012 e 2014, da construtora OAS. A pedido do senador, a empreiteira também teria doado R$ 250 mil ao DEM em troca de favores de Agripino.

A acusação diz que ele teria ajudado a OAS a destravar repasses do BNDES para construir a Arena das Dunas, estádio-sede da Copa do Mundo em Natal.

A ajuda teria ocorrido na suposta interferência para que o Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte deixasse de informar ao BNDES eventuais irregularidades no projeto executivo da obra. Essa era uma condição para o repasse do empréstimo.

Mais tarde, em 2016, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) constatou sobrepreço de R$ 77 milhões na construção do estádio.
G1

Obras que liga Cerro-Corá a Lagoa Nova são tema de reunião no projeto Governo Cidadão


O início das obras da estrada RN-087, entre Cerro-Corá e Lagoa Nova, foi tema central de reunião nesta terça-feira (19) no projeto Governo Cidadão. O secretário de Gestão de Projetos, Fernando Mineiro, a gerente executiva Ana Guedes, o gerente do DER no projeto, Nicodemus Ferreira, a empresa supervisora da obra ATP Engenharia e os setores de Engenharia e Jurídico se reuniram para discutir as questões fundiárias que no momento impedem a reconstrução da estrada.
Autorizada desde agosto de 2018, a obra teve seu canteiro implantado, mas nunca começou de fato. A desapropriação de alguns terrenos, com construções dentro da área de segurança da estrada, impediram o início. Agora o Governo do Estado retomou o diálogo para resolver os problemas.
“Herdamos esses problemas da gestão passada, que estavam se arrastando há alguns meses, e temos como prioridade resolvê-los. Ajustes no traçado da estrada foram necessários para atender as especificações do projeto e 105 proprietários de terrenos estão afetando o trajeto da pista, porque se encontram dentro da área de segurança que a legislação estabelece para estradas. A maioria deles já foi identificada e estamos comunicando cada um da necessidade de se adequarem à legislação, garantindo o espaço necessário para construção da rodovia”, explica Mineiro.
Outra área a ser considerada pertence a um assentamento do Incra. Nesta, a estrada passa por dentro. Na reunião de hoje ficou marcado um encontro com o superintendente do Incra no RN na próxima sexta-feira (22) para tratar da questão. Mineiro também determinou que a associação de assentados seja comunicada da situação e chamada para o diálogo. Por último, ficou definido que o projeto Governo Cidadão irá viabilizar junto ao Banco Mundial autorização para realizar ajustes no trajeto da estrada nas áreas habitadas em comunidades rurais.
Os investimentos na RN-087 somam R$ 8,7 milhões e são via projeto Governo Cidadão, Banco Mundial e DER. Serão feitas a estruturação, revestimento asfáltico, drenagem e sinalização numa extensão de 14,84 km.

Quem faz aniversário hoje é o vereador e presidente da Câmara de Lagoa Nova, Bilouro

Bilouro ao lado da sua esposa e filha
O vereador Bilouro (PEN), comemora nesta quarta-feira, 20, mais uma primavera de vida. Bilouro tem base consolidada, bem como em todo o município, onde presta relevantes serviços a população.

Bilouro está em seu segundo mandato de parlamentar e é um dos mais destacados, tanto que já no seu primeiro mandato se tornou presidente da Câmara de vereadores de Lagoa Nova.

Ele, hoje, recebe os parabéns dos seus familiares, amigos e correligionários por mais uma importante data natalícia.

URGENTE:no congresso Bolsonaro,evita imprensa e é recebido com laranjas

Agência Câmara | Reprodução

247- Jair Bolsonaro entrou mudo e saiu calado do Congresso Nacional, para onde foi na manhã desta quarta-feira (20) a fim de entregar o projeto de reforma da Previdência Social de seu governo; esperava-se uma solenidade, mas houve apenas uma passagem rápida, silenciosa e marcada pelo constrangimento; Bolsonaro fugiu de qualquer contato com a imprensa; parlamentares do PSOL recepcionaram Bolsonaro trajando aventais laranjas e com laranjas na mão, em referência ao escândalo do “laranjal” do PSL.

Imprensa paraibana elogia atuação da governadora do RN, chamando Fátima Bezerra de gigante pela série de audiências com Governo Bolsonaro arrancando até elogios do Ministro da Economia, Paulo Guedes

Resultado de imagem para fotos de fatima bezerra com deputado e senadores do rn

Chefe do Executivo do estado vizinho quebrado e do PT, eleitora e aliada de Lula como poucos, Fátima Bezerra tem sido uma gigante numa série de audiências com Governo Bolsonaro arrancando até elogios do Ministro da Economia, Paulo Guedes.

Nesta terça, 19, ela levou a Bancada Federal para reunião de trabalho com Paulo Guedes saindo se la animada com a possibilidade até de empréstimos.

No Rio Grande do Norte a barra anda pesada e feia, mas Fátima tem tido coragem de enfrentar o bicho.
Via WSCom.

Marco Aurélio manda Bolsonaro pagar R$ 10 mil a Maria do Rosário


O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu negar um recurso do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e manteve a condenação por danos morais imposta pela Justiça para que o ex-parlamentar pague uma multa de R$ 10 mil por ofensas disparadas contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS).

O episódio foi explorado contra Bolsonaro na última campanha presidencial. Em 2014, Bolsonaro disse que não estupraria Maria do Rosário pois ela não mereceria, “porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia, não faz meu gênero, jamais a estupraria. Eu não sou estuprador, mas, se fosse, não iria estuprar, porque não merece”.

Ao negar o recurso da defesa de Bolsonaro, Marco Aurélio também manteve a determinação para que o presidente publique uma retratação em jornal de grande circulação, em sua página oficial no Facebook e em sua página no YouTube.

Na decisão, Marco Aurélio afirma que a imunidade prevista na Constituição – segundo a qual o presidente da República não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao mandato – não se encaixa nas situações de esfera civil, como uma reparação por danos morais.

Tramitação. Em setembro de 2015, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) condenou o então deputado a pagar R$ 10 mil à deputada por danos morais, mais veiculação de retratação pública em jornal de grande circulação e em canais oficiais de Bolsonaro no Facebook e no YouTube.

O caso chegou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), que, em agosto de 2017, manteve a condenação imposta pelo TJDFT.
Procurada pela reportagem, a Presidência da República não havia se manifestado até a publicação deste texto.
ESTADÃO CONTEÚDO

Moro se acovarda cedendo ao governo e tirando caixa 2 de seu pacote, denuncia PT



Mas quem ri bastante também é o PT ao afirmar que o ex-juiz da lava jato se acovarda quando cede ao governo que tem figuras enroladas, como Onyx Lorenzoni, no crime com dinheiro mal havido.

“Em 2017, quando era juiz de primeira instância, afirmava que “caixa 2 é pior do que corrupção”. Agora, como ministro da (in)Justiça, relativiza o crime”, debocham os petistas.

Para o PT, o fetiche de Moro pelo “combate à corrupção” só durou enquanto perseguia politicamente o ex-presidente Lula. ” Vale lembrar que agora Moro é aliado do réu confesso por crime de caixa dois o ministro da Casa Civil, Onyz Lorenzoni”, dispara o partido.

Os petistas denunciam em seu site oficial que Sérgio Moro defende “bandidos” que estão no governo.
Blog Esmael

Sessão solene abre na próxima quinta-feira (21)os trabalhos do ano legislativo na Câmara de Lagoa Nova


A Câmara de Lagoa Nova realiza na próxima quinta-feira(21) sessão solene para abertura dos trabalhos do ano legislativo 2019.

O evento é uma tradição da Casa de Leis, onde a Mesa Diretora e os vereadores renovam o compromisso de trabalhar por Lagoa Nova, apresentando metas para os próximos dois anos.

CONISA promoveu reunião para discutir expansão territorial urbana de Lagoa Nova



A CONISA – Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico da Serra de Santana promoveu uma reunião na tarde desta sexta-feira(19), para discutir a expansão do perímetro urbano da cidade de Lagoa Nova. A reunião foi realizada no Centro Pastoral e contou com as presenças de Clóvis Dantas, chefe do escritório local da CAERN, Simone Guimaraes, superintendente do CONISA, Zé Dantas, da gerencia comercial da CAERN, Fórum das Associações Rurais do município de Lagoa Nova, SEAPAC,  os sindicalistas Manoel José e Socorro Santos representando o STTR e o SINTRAF, secretário de obras do município Diogo Felipe, além dos vereadores Antônio de Mariquinha, Manoel Frade, Junior Galvão e Dequinha Primo. Após ampla discursão dos presentes foram feitos os seguintes encaminhamentos;

· * Buscar respostas sobre os impactos que o sistema de urbanização poderá afetar na vida dos agricultores.

·  *  Se a delimitação pode sofrer alterações ou se pode haver a possibilidade realizar um estudo topográfico. Se é possível a CAERN fazer um estudo sobre o processo de transição entre o CONISA e a CAERN, como também fornecer o número de famílias que serão afetadas pela mudança e o valor da tarifa a ser implantada.
·
 * Ficou agendada uma audiência pública para o dia 20 de março às 9h00, na câmara municipal de vereadores com a participação dos sindicatos rurais, fórum das associações e a assessoria jurídica da prefeitura de Lagoa Nova. 
 
* Qual agenda publica para saber quais as politicas públicas  que serão realizadas para essa área.
Que a secretária municipal de obras do município veja a possibilidade de revisar os pontos demarcados dos limites urbanos.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Áudios desmentem Bolsonaro sobre conversa com Bebianno


A revista Veja publicou nesta terça-feira (19) o conteúdo das mensagens trocadas via WattsApp entre o presidente Jair Bolsoanro (PSL) e o então ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, em meio à crise das candidaturas laranjas do PSL. Nas mensagens, os dois trocam farpas, acusações e se desentendem sobre quase tudo.  ... 

Fátima discute parcerias com presidente da Caixa em Brasília


A governadora Fátima Bezerra foi recebida nesta terça-feira (19) pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e pela diretoria nacional do banco, em Brasília, e discutiu as parcerias entre o Governo do RN e a instituição financeira. Ela esteve acompanhada dos secretários de Planejamento, Aldemir Freire, e de Tributação, Carlos Eduardo Xavier.

Pedro Guimarães fez um relato das ações do banco, em curso no RN, e informou que estará no Rio Grande do Norte em maio deste ano em uma das etapas do projeto CAIXA Mais Brasil, iniciativa que tem como foco identificar potenciais parceiros para o banco, incentivar o microcrédito e possibilidades de investimentos, além de mapear problemas e buscar soluções.

“O RN é um cliente muito importante para nós e faremos todo o esforço para ampliar ainda mais essa parceria”, disse Guimarães. A governadora Fátima Bezerra acrescentou que é desejo do estado fortalecer a parceria institucional, sobretudo pelo caráter estratégico da atuação da Caixa em áreas como habitação, saneamento básico, entre outras.

Paulo Preto, operador financeiro ligado ao PSDB, é preso na 60ª fase da Lava Jato, e mira em ex-ministro Aloysio Nunes

Foto: Reprodução/TV Globo
Paulo Vieira de Souza, operador financeiro ligado ao PSDB, foi preso em São Paulo nesta terça-feira (19), na 60ª fase da Operação Lava Jato. Alvo de prisão preventiva, ele deve ficar preso na Superintendência da PF de São Paulo. Agentes também cumprem mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao ex-senador pelo PSDB Aloysio Nunes Ferreira Filho, suspeito de receber propina da Odebrecht.

Chamada “Ad Infinitum”, a 60ª fase da Lava Jato cumpre 12 mandados de busca e apreensão em São Paulo. Além dos mandados, foram bloqueados ativos financeiros dos investigados. A operação é feita com base em depoimentos de doleiros e funcionários da Odebrecht em fases anteriores da Lava Jato.

O advogado de Paulo Vieira de Souza, André Gehreim, informou ao G1 que “não teve acesso a qualquer documentação” e não vai comentar. Paulo Vieira de Souza já foi indiciado em outras fases da Lava Jato. O G1 tenta contato com assessores de Aloysio Nunes.

Ex-senador e ex-chanceler do governo Michel Temer, Aloysio foi nomeado pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), para a presidência da Investe SP, agência de promoção de investimentos de São Paulo.

O que é investigado

Paulo Vieira de Souza é apontado como peça-chave na lavagem de milhões de reais em favor da Odebrecht. O dinheiro era repassado ao chamado Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht.
O esquema investigado operou entre 2010 e 2011, para que a empreiteira desse dinheiro a campanhas eleitoras e pagasse propina a agentes públicos e políticos no Brasil. Ao todo, Paulo Vieira de Souza disponibilizou R$ 100 milhões em espécie a Adir Assad, um dos operadores do esquema. Assad, por sua vez, repassava o dinheiro ao doleiro Álvaro Novis, que realizava os pagamentos a agentes públicos e políticos, a mando da Odebrecht.

A investigação aponta uma transação de 2007, quando a Odebrecht transferiu € 275.776,4 para a conta de Paulo Vieira de Souza. A transferência foi feita por intermédio da offshore Klienfeld Services Ltd. A apuração identificou que, no mês seguinte à transferência, foi emitido um cartão de crédito em nome de Aloysio Nunes Ferreira, vinculado à conta de Paulo Vieira de Souza. O banco foi orientado a entregar o cartão de crédito no Hotel Majestic Barcelona, na Espanha, onde o Nunes estava hospedado.

A operação desta terça-feira aprofunda investigação de um esquema de lavagem de dinheiro de corrupção praticada pela Odebrecht. Gerentes e dirigentes da Petrobras receberam dinheiro em espécie da empreiteira, segundo o Ministério Público Federal.

Paulo Vieira de Souza

Paulo Vieira de Souza foi diretor da Dersa, a empresa de rodovias de São Paulo. Ele já havia sido preso em maio de 2018 e em abril do mesmo ano, e nas duas ocasiões, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, mandou libertá-lo por não ter verificado risco às investigações. Ele usa tornozeleira eletrônica após decisão da Segunda Turma do STF.

Ele é suspeito de participar de desvios de dinheiro nos governos do PSDB em São Paulo entre 2009 e 2011, de José Serra e Geraldo Alckmin.

Em São Paulo, o ex-diretor da Dersa responde a duas ações do Ministério Público Federal. Nestas ações, ele já é réu. Na primeira delas, ele é acusado de peculato, que é o desvio de dinheiro público. Na outra, ele responde por crime de cartel nas obras do trecho sul do Rodoanel, e também no sistema viário de São Paulo.

Aloysio Nunes Ferreira Filho

Aloysio Nunes Ferreira Filho é ex-senador pelo PSDB e ex-chanceler do governo Michel Temer. O ex-senador é suspeito de receber ilegalmente R$ 500 mil do grupo Odebrecht para financiar sua campanha para o Senado em troca de favores políticos. O STF autorizou a investigação contra ele, após pedido da Procuradoria-Geral da República.

Nunes está no mesmo inquérito que também pede a investigação do senador José Serra (PSDB) por supostas irregularidades no processo de licitação das obras do Rodoanel Sul que favoreceram a construtora Odebrecht, líder do consórcio vencedor do contrato.

De acordo com informações do documento, um grupo de construtoras combinava sua atuação na licitação para a construção do Rodoanel Sul para evitar a concorrência no processo. O grupo era formado por Andrade Gutierrez, Galvão Engenharia, Camargo Correa, Serveng Civilsan, OAS, Mendes Junior, Queiroz Galvão, CR Almeida, Constran e Odebrecht.

Em outro esquema, Nunes é apontado como beneficiário de dinheiro de caixa dois da concessionária CCR. A empresa, que atua na área de infraestrutura e administra rodovias em São Paulo, criou um esquema para fomentar o pagamento ilegal para diversas campanhas políticas. Neste esquema, Aloysio Nunes teria recebido R$ 1 milhão. Ele nega a acusação.

Ad Infinitum

O nome da operação remete ao fato de o caso parecer tratar de mais uma repetição do modo de atuação de alguns integrantes da organização criminosa, remetendo a um ciclo criminoso que nunca termina.

Ao todo, 46 agentes da PF cumprem os mandados em dez locais, nas cidades de São Paulo, São José do Rio Preto, Guarujá e Ubatuba, todas em São Paulo. Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba-PR. A operação é feita em cooperação com o Ministério Público Federal e a Receita Federal.
G1

Urgente: Candidata laranja do PSL diz que ministro do Turismo sabia de esquema para lavar dinheiro, e acrescenta: Estou em Portugal, Eu vou entrar com pedido de proteção à vítima. Esse povo é perigoso. Hoje eu sei, eles são uma quadrilha de bandidos”.


Em entrevista a Camila Mattoso e Ranier Bragon, na edição desta terça-feira (19) da Folha de S.Paulo, a professora aposentada Cleuzenir Barbosa, que foi candidata a deputada estadual pelo PSL em Minas Gerais nas últimas eleições, disse que se encontrou com Jair Bolsonaro (PSL) e que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, sabia do esquema de lavagem de dinheiro de recursos do fundo partidário usando candidatas mulheres.

“Era o seguinte: nós mulheres iríamos lavar o dinheiro para eles. Esse era o esquema. O dinheiro viria para mim e retornaria para eles”, afirmou em entrevista à Folha. Em sua página no Facebook, Cleuzenir também posa ao lado de Eduardo Bolsonaro (PSL/SP).

Segundo ela, no caso de Minas, a verba foi liberada formalmente pelo então presidente nacional da sigla, Gustavo Bebianno, demitido do cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência nesta segunda-feira (18).

Álvaro Antônio era o comandante da sigla em Minas, responsável pela montagem das chapas. Parte do dinheiro público foi direcionado a quatro candidatas do PSL mineiro apenas para preencher a cota feminina de 30% das candidaturas e de verba eleitoral.

O dinheiro enviado a elas foi parar na conta de empresas de assessores, parentes ou sócios de ex-assessores do atual ministro do Turismo.

Cleuzenir, que pediu asilo político a Portugal, diz que saiu do Brasil por medo. “Me mudei exclusivamente por causa dessa situação. Peço para as mulheres que denunciem. Não fiquem caladas, se exponham, sim. Eu vou entrar com pedido de proteção à vítima. Esse povo é perigoso. Hoje eu sei, eles são uma quadrilha de bandidos”.

JOGANDO PARA PLATEIA: Relatório do Tesouro Nacional mostra que gestão Fátima Bezerra não vai ter como honrar os compromissos após o mês de maio

Reportagem da Tribuna do Norte desta terça-feira mostra a grave situação financeira desse estado e o alerta deste blog desde o inicio da gestão de Fátima Bezerra que as medidas adotadas por ela são simplórias, que não vão resolver e a situação vai piorar ainda mais. A governadora joga literalmente para a plateia. O relatório dos técnicos do Tesouro Nacional é claro, até março/abril será possível cumprir os compromissos, mas após esse período será uma salve-se quem poder.

Especialistas em contas públicas ouvidos por esse blog nos últimos dias foram unanimes em afirma que a partir de maio se nada for feito de forma extremada a governadora sequer vai conseguir pagar em dia a folha de pagamento do “governo dela” que está sendo efetuada sem pagar os salários atrasados de 2018 e ainda uma pequena parte do 13º de 2017.

Fátima e bancada se reúnem com ministros da Economia e Saúde nesta terça

A situação financeira do Rio Grande do Norte será discutida nesta terça-feira, 19, em Brasília, durante audiência da governadora Fátima Bezerra com o ministro da Economia, Paulo Guedes. No encontro, marcado para o final da tarde, com a participação de senadores e deputados da bancada potiguar, será feito um relato dos esforços empreendidos para levar adiante o plano de recuperação fiscal, bem como discutir a necessidade de parcerias com a União para enfrentar o déficit bilionário.

O atual governo herdou da gestão anterior um passivo de R$ 1,3 bilhão com fornecedores e de quase R$ 1 bilhão em salários atrasados dos servidores estaduais. Além disso, entre restos a pagar e dívidas financeiras, há um déficit orçamentário de quase R$ 2,5 bilhões.

A governadora também estará reunida com o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para solicitar recursos financeiros e ações de regionalização da saúde, como a criação de consórcios regionais, por meio de cooperação financeira entre o estado e os municípios, e a implantação das Policlínicas. O RN já acumula mais de 23 mil pedidos de ultrassonografias, oito mil tomografias e 11 mil cirurgias eletivas.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Leitura anual é proferida pela prefeita Sueleide Araújo na Câmara de Vereadores de Tenente Laurentino Cruz

A prefeita Sueleide de Morais Araújo esteve na sede do Poder Legislativo da cidade de Tenente Laurentino Cruz na tarde da sexta feira (15), para abrir os trabalhos daquela casa com a leitura anual do Poder Executivo.


No início de suas palavras a prefeita cumprimentou o presidente Francisco Cleudimar da Silva Ferreira e em nome do presidente saudou os demais vereadores, e toda equipe administrativa que esteve prestigiando a leitura assim como centenas de populares que foram ouvir as palavras da gestora.

A prefeita enfatizou em seu discurso o esforço da atual gestão para manter o essencial e fazer além do possível pelo município que vem sofrendo fortes quedas no Fundo Municipal de Participação (FPM), principal meio de arrecadação de recurso do município serrano que ainda conta com restrições no Cadastro Único de Convênio (CAUC), esta restrição impossibilita que a prefeitura celebre convênio com órgãos federais, e estaduais. Sueleide Araújo apresentou a todos os presentes uma das situações mais críticas ao município, que é a dívida de 1.400,00,00 com Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), dívida esta originada no ano de 2013, e que vem maculando a cidade que já perdeu recursos para pavimentar ruas e melhorar a vida da população.

Mesmo enfrentando a crise e governando uma cidade que foi entregue pela gestão passada com um grande deficit a prefeitura tem conseguido avanços importantes que nasce da maneira de gerir com responsabilidade e respeito ao que é público e do povo, até a aquisição de ambulância e transportes para saúde, merenda de qualidade na educação, retomada das obras da creche pró-infância, incentivo no esporte através das competições e material esportivo. Na assistência social temos os programas como referência para à região funcionando em pleno vapor, na agricultura apoio técnico aos produtores rurais através das inúmeras ações realizada pela secretaria ao longo do ano, no turismo demos total apoio e ampla divulgação aos eventos do calendário municipal além de inserir o festival de inverno como sendo um evento com grande potencial de crescimento.

Ao final a prefeita agradeceu a presença de todos, mais uma vez cumprimentou os vereadores, e os que se encontravam na galeria da câmara de vereadores de Tenente Laurentino Cruz.

Jair Bolsonaro anuncia exoneração de Gustavo Bebianno


Após cinco dias desgaste público com o presidente Jair Bolsonaro(PSL), Gustavo Bebianno foi exonerado do cargo de ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência. A decisão, que representa a primeira queda de um membro do alto escalão do atual governo, foi anunciada pelo porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros.

Com um mês e meio de mandato, Bolsonaro afasta aquele que foi um de seus principais articuladores no caminho que o levou até o Planalto. Bebianno foi envolvido nas suspeitas de distribuição de dinheiro público para “candidaturas laranjas” do PSL.

O processo de fritura do agora ex-ministro começou na quarta-feira, 13, quando o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, afirmou que Bebianno era mentiroso por dizer ter conversado “três vezes” com Bolsonaro enquanto ele estava internado no hospital Albert Einstein para se recuperar da cirurgia de reversão da colostomia. A mensagem de Carlos foi endossada pelo pai.

Governadora assegura investimento em infraestrutura para São Gonçalo do Amarante

A governadora Fátima Bezerra participou na manhã desta segunda-feira, 18, do Seminário “São Gonçalo da Oportunidade”, que apresentou extensa programação de investimentos para o município de São Gonçalo do Amarante, o quarto maior do Rio Grande do Norte e o que tem maior crescimento econômico anual - 4%.

Fátima Bezerra assegurou ao prefeito Paulo Emídio e aos empresários e autoridades presentes ao evento a adequação do projeto da Estrada da Produção e a sua construção. A Estrada da Produção é de vital importância para a consolidação dos novos investimentos. “Temos o projeto da Estrada da Produção, que será construída com recursos do Governo do Estado, financiado pelo projeto Governo Cidadão. Estamos fazendo algumas adequações, mas asseguro que a rodovia se tornará uma realidade para estruturar e impulsionar o desenvolvimento de São Gonçalo do Amarante  e do nosso Estado”, afirmou a governadora.

O município de São Gonçalo tem projetos estruturantes no valor de R$ 250 milhões que devem ser realizados pelos governos federal, estadual e municipal, que contemplam abastecimento de água, energia, saúde, educação, estradas e urbanização.

Fátima Bezerra também afirmou que o Governo do Estado está trabalhando para ampliar a segurança jurídica e a simplificação tributária aos investidores. “O RN está aberto aos investidores. Precisamos e queremos atrair novos investimentos. O nosso governo está atuando fortemente para promover a recuperação fiscal, mas também está trabalhando com afinco para fazer o estado crescer economicamente e se desenvolver socialmente. Não basta apenas o crescimento econômico, é preciso que a população venha a ter também melhor qualidade de vida e cidadania”, registrou.

O seminário, realizado na unidade do SESI/SENAI em São Gonçalo do Amarante, contou com a presença dos secretários de Estado do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, da Agricultura e Pecuária, Guilherme Saldanha, da senadora Zenaide Maia, deputado federal João Maia, diretores do Idema e da Potigás, vice-prefeito de São Gonçalo, Eraldo Paiva, vice-presidente da FIERN, Pedro Terceiro, secretários municipais e empreendedores.

Deputado estadual, Francisco do PT visita presidente da CUT-RN para tratar sobre audiência pública pra discutir MP 871 que prejudica movimento sindical rural

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

O deputado estadual, Francisco Medeiros,  o Francisco do PT, visitou na manhã desta  segunda-feira,  à companheira Eliane Bandeira, presidenta da CUT-RN, para tratar sobre a audiência pública que será  realizada  no próximo dia 25, a partir das 9h, no plenarinho da  assembleia do estado do Rio Grande do Norte.

O debate será sobre a MP 871, do governo federal  e os impactos negativos que a mesma terá sobre  o movimento sindical rural e a previdência de trabalhadoras e trabalhadores rurais.

TCE-RN aprova anteprojeto que sobe salário de conselheiros para R$ 35 mil

O anteprojeto de lei complementar que aumenta o salário dos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) para R$ 35.462,22 foi aprovado pela Corte. De acordo com o texto, serão contemplados também os procuradores do Ministério Público junto ao TCE aposentados e pensionistas, que receberão o mesmo valor, além dos conselheiros substitutos, estes que passarão a ganhar R$ 33.689,11. Agora, o passo seguinte, após a tramitação pelo órgão, é o envio do esboço do projeto à Assembleia Legislativa para votação.

Segundo o texto, os subsídios dos conselheiros e procuradores são equivalentes a 90,25% do que é recebido por um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), enquanto que o conselheiro substituto recebe o mesmo que um juiz de Direito de 3ª entrância. Ainda segundo o anteprojeto, as despesas resultantes da execução da Lei Complementar que aumenta o salário dos conselheiros e procuradores, devem correr à conta das dotações orçamentárias consignadas ao TCE no Orçamento Geral do Estado.

Se aprovado pelo Legislativo, o documento será enviado para a governadora Fátima Bezerra (PT), para o consequente veto ou sanção do anteprojeto como lei.

Reforma da Previdência será enviada ao Congresso na quarta


A partir desta quarta-feira (20), o governo enfrentará o primeiro grande desafio na área econômica. A proposta de emenda à Constituição (PEC) que reforma o regime de Previdência dos trabalhadores dos setores público e privado será enviada ao Congresso Nacional, onde começará a tramitar na Câmara dos Deputados.

Logo depois de assinar o texto, o presidente Jair Bolsonaro fará um pronunciamento. Ele explicará a necessidade de mudar as regras de aposentadoria e de que forma a proposta será discutida no Congresso.

Lagoa Nova abandonada pela administração pública

Após 2  vezes tentando se eleger e sentar na cadeira da prefeitura municipal de Lagoa Nova, o prefeito Luciano Santos continua com a vingança contra o povo lagoanovenses após um derrota.

A frente da prefeitura a dois ano, alguns moradores relataram que Lagoa Nova esta completamente entregue ao abandono na gestão do prefeito Luciano Santos.

Em desabafo, Bebianno diz que deve desculpas ao país por ter viabilizado candidatura de Bolsonaro



Diante da crise política em que virou protagonista, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, fez um desabafo para interlocutores próximos e demonstrou profundo arrependimento em ter trabalhado ativamente pela eleição do presidente Jair Bolsonaro.

"Preciso pedir desculpas ao Brasil por ter viabilizado a candidatura de Bolsonaro. Nunca imaginei que ele seria um presidente tão fraco", disse Bebianno para um aliado, numa referência à influência dos filhos do presidente nos rumos do governo, especialmente o vereador Carlos Bolsonaro.

Nessas mesmas conversas, Bebianno demonstra preocupação com o efeito desse protagonismo familiar nas decisões do país. E reconhece que o governo Bolsonaro precisa descer do palanque para administrar o Executivo.

Para aliados de Bebianno, também causou contrariedade o movimento da família Bolsonaro para sacramentar a saída do ministro do governo. No momento em que vários aliados trabalhavam na sexta-feira (15) para baixar a temperatura, contornar a crise e manter Bebianno, integrantes da família do presidente vazaram para a imprensa que o pai havia demitido o ministro, para tornar a queda um fato consumado, sem chance de mudança no fim de semana.

Em Currais Novos, prefeito Odon Júnior deve se compor com o grupo do deputado Ezequiel Ferreira


Em Currais Novos, o prefeito Odon Júnior (PT) vai concorrer à reeleição com o apoio da governadora Fátima Bezerra (PT). Uma parceria política com o grupo do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB) vem sendo cogitada.  Ano passado, Ezequiel foi o deputado mais votado de Currais Novos. Odon Júnior apoiou o deputado Francisco do PT, que ficou com a segunda maior votação.

Ezequiel teve o apoio do presidente da Câmara, João Neto (PSD) e dos vereadores Wilton da Pax (PSDB), Celinha (PSDB) e Zefinha Moura (PSD), em um grupo coordenado pela advogada Milena Galvão (PSDB), irmã de Ezequiel. Os dois grupos apoiaram juntos a governadora Fátima Bezerra no 2º Turno e conseguiram 65.5% dos votos contra 34,96% de Carlos Eduardo (PDT), que teve o reforço das famílias tradicionais Gomes e Lins, representadas pelo advogado Carlson Gomes (DEM) e o ex-prefeito Zé Lins (MDB).
Marcos Dantas

Ex-deputada Larissa Rosado (PSDB) ganha cargo na Assembleia do Estado do RN


A ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) não ficou muito tempo fora da Assembleia Legislativa. Segundo a jornalista Thaísa Galvão em seu blog, a tucana será chefe de gabinete da casa.

Larissa é amiga pessoal do presidente da mesa diretora Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) e após exercer quatro mandatos conhece bem o funcionamento do parlamento estadual.

domingo, 17 de fevereiro de 2019

Família Bolsonaro pode deixar laranjal do PSL e migrar para nova UDN


O laranjal de corrupção do PSL está colocando a credibilidade e os planos de poder da família Bolsoanro em risco. Por isso, eles estariam negociando a migração para um novo velho partido: a UDN – União Democrática Nacional. ...

Os “meninos” de Bolsonaro estão com a corda toda. E enrolando a corda no pescoço de aliados com riscos iminentes ao próprio governo

Confusa e belicosa atuação dos rebentos de Bolsonaro confundem o que já é complexo
Pensava-se que o protagonismo dos filhos de Jair Bolsonaro era coisa da campanha, empenho natural chamado pelo sangue que corre nas veias.

Engano. Veio a posse e os “meninos” do presidente estão com a corda toda. E enrolando a corda no pescoço de aliados com riscos iminentes ao próprio governo.

Todos com uma característica comum: falam pelos cotovelos e expõem o pai. Quando não falam em nome, autorizado  nas entrelinhas por ele.

Eduardo cria problemas porque se comporta como um primeiro-ministro.

Flávio pelas suspeitas laranjais que envolvem seu gabinete de deputado estadual no Rio.

Carlos pelas tuitadas e ataques caninos a quem passa pelo caminho, não importando o tamanho e a importância na eleição do capitão.

É um problema atrás do outro, um festival de improviso que dificulta a já deficiente interlocução com Congresso e ministros.

Apesar dos pesares, a maioria dos brasileiros quer continuar torcendo para que Bolsonaro bote o país no caminho certo. Mas os filhos do presidente insistem em abalar essa esperança.

Via Heron Cid

Governo Fátima Bezerra dá novo ritmo às obras de Oiticica com pagamento de R$ 13 milhões


Resultado de imagem para fotos da barragem de oiticica rn

A partir de agora, as obras do Complexo de Oiticica terão um ritmo mais acelerado. Isso se deve ao fato de o Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) ter feito pagamento, na manhã de ontem (14), da ordem R$ 13 milhões, às empresas que atuam na construção do Complexo. O débito pago foi referente às medições e serviços de outubro, novembro e dezembro de 2018.

Os recursos integram os R$ 101 milhões que estavam empenhados, advindos de emendas impositivas da bancada federal. “Com muito esforço e integração com a Secretaria de Planejamento (Seplan), conseguimos sanar os entraves burocráticos para esse pagamento. As construtoras assumiram compromisso de dar um novo ritmo as obras, daqui a dois meses já vamos perceber a diferença, principalmente na Nova Barra de Santana” afirma o secretário João Maria Cavalcanti. Ele destaca ainda que já está em contado com o Dnocs, órgão interveniente do convênio, para a liberação do restante das verbas que somam os 101 milhões de reais.

As obras da parede da barragem já se encontram com um percentual de execução de 70% e da Nova Barra de Santana, construída para abrigar os moradores do distrito que será alagado pela construção do reservatório, atualmente com percentual de execução de 56%. A obra está sendo realizada pelo Consórcio EIT/ENCALSO, sob a supervisão da KL serviços de Engenharia S/A. A cargo do Consórcio Solo Penascal está a construção da Nova Barra de Santana.
fonte:governo do RN

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Bebianno diz que Jair Bolsonaro está perturbado e ameaça: O brasil pode tremer na segunda-feira

Marcelo Casal Júnior / Agência Brasil

247 – O caso Gustavo Bebianno ainda vai dar muito pano pra manga. Reportagem publicada nesta manhã pelos jornalistas  Edoardo Ghirotto e Eduardo Gonçalves, publicada nesta manhã pelos jornalistas Edoardo Ghirotto e Eduardo Gonçalves, no site da revista Veja, revela que Bebianno está indignado com a deslealdade de Jair Bolsonaro, que teria atirado nas costas em um de seus mais leais soldados. Abaixo, um trecho:

À noite, no hotel, Bebianno soube pela TV que Bolsonaro resolveu demiti-lo usando como argumento o vazamento de um áudio em que o presidente censura a audiência em que ministro receberia um emissário da Rede Globo e não pela situação ocorrida com Carlos Bolsonaro.

Por telefone, a um interlocutor, Bebianno afirmou que vai passar o fim de semana pensando e ameaçou: "Se isso acontecer na segunda, o Brasil vai tremer". A essa mesma fonte, disse que falou a Bolsonaro que o presidente é um ingrato e que o país inteiro vai ver isso. Ainda de acordo com Bebianno, o líder do Planalto está "alienado, perturbado da cabeça". Ele resumiu sua situação com uma frase: "Só sei oficialmente do que eu sei oficialmente".

PcdoB de Lagoa Nova realiza conferência extraordinária


Lideranças partidárias estiveram presentes no auditório da câmara Municipal de Lagoa Nova na tarde desta sexta-feira(15), para a Conferência Extraordinária do PCdoB do município. O evento contou com a presença do presidente do diretório municipal, Ataíde Maradona e filiados da sigla. Na oportunidade foi discutido o processo de incorporação do PPL ao PCdoB, além da organização e fortalecimento do PCdoB no município. O evento contou com a presença do empresário Junior Rios,  sindicalista Socorro Santos, Novinho, presidente do CMDS  e os professores Paulo Miranda e Francisco Lima, além dos vereadores Val Araújo(PSD) e Lourival Adão(PTB),  e do vice-prefeito de Currais Novos, Anderson Alves.