segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Aliado de Renan Calheiros presidirá Conselho de Ética do Senado

O PMDB escalou um fiel aliado do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para assumir o comando do Conselho de Ética da Casa. O órgão, responsável por julgar a conduta parlamentar dos senadores, vai ser presidido nos próximos dois anos por João Alberto Souza (PMDB-MA).

O peemedebista já presidiu o conselho por quatro vezes e estava no comando do colegiado na última legislatura do Congresso, que terminou em janeiro deste ano. Coube ao senador arquivar processos contra José Sarney (PMDB-AP), em 2010, na época do escândalo dos atos secretos –em que medidas administrativas tomadas pelo Senado não eram publicadas oficialmente.

João Alberto é aliado de Sarney, que é do grupo político de Renan. Será o seu quinto mandato à frente do conselho. O peemedebista deve ser eleito para o cargo depois do carnaval.

Oficialmente, o PMDB afirma que João Alberto vai assumir o conselho por ter sido o único membro do partido disposto a comandar o órgão. Nos bastidores, senadores peemedebistas admitem que a escolha pode beneficiar Renan futuramente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário