quinta-feira, 9 de julho de 2015

José Adécio diz que só deixará o DEM se o partido deixar de existir

Questionado sobre a possibilidade de deixar o DEM, o deputado José Adécio disse que só deixará o partido se o partido deixar de existir.

Adécio diz que há 40 anos na mesma legenda, construiu sua história de credibilidade.

E citou que, como ele, há 40 anos seguem ‘coerentemente’ na mesma legenda:

O senador Garibaldi Filho e o ministro Henrique Alves, no PMDB; o senador José Agripino e os deputados Getúlio Rêgo e ele, José Adécio. (Thaisa Galvão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário