sábado, 30 de janeiro de 2016

Garibaldi diz que não tem como manter o atual modelo de Previdência

garibaldi_transpo
O Congresso Nacional poderá receber do governo ainda no início deste ano uma proposta que altera as regras de concessão de benefícios da Previdência Social. O debate sobre a reforma da Previdência, com mudanças nos critérios sobre contagem de tempo para aposentadoria e a definição de uma idade mínima, gera posições divergentes no Parlamento.

Na avaliação do senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), ex-ministro da Previdência, não há mais como manter o atual regime em vigor no país. Já para o senador Paulo Paim (PT-RS), as mudanças podem representar um retrocesso nos direitos dos trabalhadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário