quarta-feira, 18 de maio de 2016

Governo revoga contratação de 11 mil moradias do Minha Casa, Minha Vida

Por meio de uma portaria, o novo ministro das Cidades, Bruno Araújo, revogou ontem a habilitação de entidades escolhidas pela presidente afastada Dilma Rousseff para construir unidades do programa Minha Casa, Minha Vida. A portaria autorizava a contratação de 11.250 moradias da modalidade Entidades do MCMV.

Foi uma “medida de cautela”, afirmou em nota o Ministério das Cidades. Segundo o texto, a suspensão da portaria se deve ao fato de o ato ter sido feito nos últimos dias do governo de Dilma e “sem os recursos necessários para o atendimento”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário