domingo, 22 de maio de 2016

Cunha recua da decisão de frequentar a Câmara


O presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), recuou da intenção de voltar a frequentar a Câmara, após orientação de seus advogados. Nesta sexta-feira (20), a assessoria de Cunha informou que ele ainda avalia com seus advogados “a conveniência” de ir ou não ao Congresso, já que está afastado do exercício do mandato por decisão do Supremo Tribunal Federal, tomada no último dia 5.

Na quinta-feira (19), após depoimento ao Conselho de Ética, Cunha havia afirmado que na segunda (23) estaria de volta à Casa e ao seu gabinete. A Folha de São Paulo destacou que o peemedebista, porém, foi advertido de que a iniciativa poderia ser considerada uma afronta à decisão do Supremo Tribunal Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário