quinta-feira, 8 de junho de 2017

Em frente ao Palácio do Planalto, mulher diz ‘Temer, eu te amo’

dstudts.jpg
Aos gritos de “Michel Temer, eu te amo” e “Eu não quero morrer sem antes te ver”, uma mulher tentou entrar nesta quarta-feira no Palácio do Planalto, onde ocorreu a cerimônia de lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 pelo presidente Michel Temer (PMDB). Após ser barrada pelos seguranças quando estava próxima aos detectores de metal, a mulher, cujo nome não foi divulgado, passou mal e ficou alguns minutos deitada no chão, mas consciente.

Em seguida, ainda muito nervosa, ela foi atendida pelos brigadistas, colocada em uma cadeira de rodas e levada para atendimento dentro do Palácio do Planalto. No momento em que era encaminhada, ainda murmurou algumas palavras: “Vocês estão mentindo. Não vão me levar para encontrar o Temer”.

Demonstração de afeto desse tipo tem sido raridade na vida de Temer, altamente rejeitado pela população. Segundo pesquisa Datafolha feita no final de abril, sua impopularidade já era comparável à de Dilma Rosseff (PT) e de Fernando Collor de Mello (então no PRN), antes de serem afastados do governo.

Temer tinha apenas 9% de ótimo ou bom, enquanto 61% consideravam sua gestão ruim ou péssima. Longo antes de serem afastados, Dilma tinha 13% de aprovação, enquanto Collor tinha os mesmos 9% do atual presidente.

(Com Estadão Conteúdo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário